73 anos depois, a taça vem para Coimbra

Domingo, 20 de Maio de 2012

por Acabra .Net

Um golo de Marinho aos 3 minutos foi o suficiente para a Académica ganhar a Taça de Portugal. Por Fernando Sá Pessoa e Camilo Soldado

Ta_a_d_1
O troféu volta para Coimbra Foto por D.R.

 Académica conquista a segunda Taça de Portugal da sua história num jogo em que o Sporting esteve sempre atrás no resultado. Na final do troféu que fugia aos estudantes desde a sua primeira edição, em 1939, Marinho marcou o golo da vitória aos 3 minutos e não mais o Sporting conseguiu recuperar. 


Num jogo que contou com 7 cartões amarelos, fruto da intensidade do jogo da final, a Académica conseguiu sempre suster os momentos de aperto a que o Sporting a sujeitou, a partir do golo madrugador da Briosa.

 Apesar da intensidade, o jogo não contou com muitas ocasiões de golo. Se a Académica esteve praticamente todo o tempo em vantagem, os lances de maior perigo foram mesmo causados pelos estudantes. A Briosa teve em Edinho o jogador mais perdulário. Do lado oposto, também o holandês Ricky Van Wolvswinkel conseguiu algumas ocasiões, que pareceram imitar o jogador academista.